SP95 estimula o redesenho das cidades para o bom desenvolvimento da criança

SP95 é um projeto que nasceu para estimular o redesenho da cidade para a criança. Foi criado em parceria com a holandesa Fundação Bernard van Leer e acordo de cooperação técnica com a Prefeitura de São Paulo, por meio do programa de cuidado integral à infância São Paulo Carinhosa.

A nova atuação em programas para a criança é algo que consolida o desejo de ampliar uma frente de estímulo ao desenvolvimento integral infantil, um objetivo que começou a se esboçar em 2015.
“Não podemos esquecer que as crianças são o fundamento de nós mesmos e todo esforço para a transformação das cidades com foco na infância abre a perspectiva para o benefício de todos”,
afirma o Superintendente do Instituto Brasiliana, o arquiteto e urbanista Rodrigo Mindlin Loeb, para quem essa frente ampla dialoga com o fundamento sob o qual se ergueu, conceitualmente, o Instituto: a cultura brasileira.
Para Loeb, “a atuação recomendada para projetos da infância é o da integralidade de cuidados, que demandam várias áreas do conhecimento somadas e trabalhando de maneira transversal, com os mais diversos recursos possíveis”. Loeb nos lembra ainda que no Brasil mais de 80% das pessoas vivem nas áreas urbanas, quando a média mundial é 53%.

Neste sentido, estimular a transformação da cidade para os primeiros anos de infância parece uma tarefa mais do que urgente. Sob a inspiração do Urban95 e da São Paulo Carinhosa, o IB criou, em acordo de cooperação técnica com o município de São Paulo, por meio do programa de apoio à infância da capital (São Paulo Carinhosa), o projeto SP95, que propõe o seguinte desafio aos gestores de políticas públicas e especialistas: o que você faria na sua cidade se tivesse 95 centímetros, a altura de uma criança com três anos de idade? A marca também estimula a difusão de conceitos e tem apoiado ações para uma cidade amigável à infância.

A questão inspira e motiva um extenso campo de trabalho no âmbito da infância e desenvolvimento urbano, habitação, saúde, cultura, educação, ocupação do espaço urbano e empoderamento dos familiares para cuidar de seus filhos. Especificamente neste projeto, o IB coordena uma avaliação de políticas públicas voltadas para crianças e famílias na região do Glicério, centro da capital, e coordena a comunicação institucional e social do mesmo.

Leia mais no blog do SP95 – wwww.acidadeeacrianca.com.

Anúncios

Instituto Brasiliana comemora 6 anos e expande projetos que conectam primeira infância e desenvolvimento urbano

Fundado em julho de 2010 a partir de um desejo do historiador István Jancsó e do bibliófilo José Mindlin, o INSTITUTO BRASILIANA (IB) nasceu como uma instituição de educação organizada sob a forma de associação privada de fins não-econômicos e sem fins lucrativos, com ênfase no fomento de projetos de educação e cultura brasileira. Naquela época, a missão era dar suporte cultural e educacional à biblioteca Brasiliana Guita Mindlin.

No seu aniversário de seis anos, com portfólio de projetos de formação de redes de inteligência sobre cultura brasileira, digitalização e gestão de acervos online e difusão da cultura (como exposições e publicações), o IB comemora a criação de um novo eixo: infância e desenvolvimento urbano e, por meio dele, a internacionalização de seu trabalho.
SP95 é primeiro projeto do Instituto Brasiliana em apoio à infância.

INSTITUTO BRASILIANA

Professor Paulo Magalhães, da rede municipal, leciona sobre a formação urbana da região do Baixo Glicério, centro de São Paulo, para alunos do ensino fundamental

Save