Blog

Aconteceu: Reunião de prospecção para colaborações para elaboração de proposta para Projeto Integrado Jardim Lapenna – São Miguel Paulista.

Evento: Reunião de prospecção para colaborações para elaboração de proposta para Projeto Integrado Jardim Lapenna – São Miguel Paulista.

Data: 10/08/2017

Local: Universidade Presbiteriana Mackenzie

Responsável: projeto Mackenzie/Brasiliana.

Escopo: Prospecção de potenciais colaboradores para desenvolvimento de proposta interdisciplinar de projeto piloto para o Jardim Lapenna – São Miguel Paulista.

Participantes: Rodrigo Mindlin Loeb (FAU Mack./Inst. Brasiliana), Ana Gabriela Godinho Lima (FAU Mack./Inst. Brasiliana), Daniela Getlinger (FAU Mack.), José Luiz Adeve (Tide Setubal), Tomás Wissenbach (CETESB/FGV), Simone Silveira (FTAS), Cecília França (FTAS), Ligia Rechenberg (FTAS), Beatriz Cardoso (Laboratório de Educação).

 

Reunião 10/08/2017Reunião 10/08/2017

Anúncios

Seminário ‘A cidade e a Criança’, dia 11/08/17

index

Dia 11/08 – sexta-feira, das 9:00 às 13:30, na Câmara Municipal de São Paulo (Auditório Prestes Maia – primeiro andar)

Convidado: Prof. Vital Didonet (Rede Nacional da Primeira Infância)

Divulgados vencedores do Urban95 Challenge. Entre os 26 selecionados, 3 projetos são brasileiros.

O portal ArchDaily Brasil divulgou na semana passada os resultados da iniciativa Urban95 Challenge. Com o apoio da Fundação Bernard van Leer (FBvL), que está oferecendo os financiamentos aos projetos selecionados, o Urban95 Challenge* teve o objetivo de encontrar respostas para questões-chave como: “Se você pudesse ver a cidade de uma altura de 95 centímetros – a altura media de uma criança saudável de 3 anos – o que você faria diferente?

As propostas enviadas deveriam atentar e apontar possíveis mudanças e melhorias para a organização dos bairros, espaços públicos,  áreas verdes, habitação e transporte, por exemplo.

De um total de mais de 150 inscritos, foram selecionados 26 projetos, de 18 países diferentes. Confirme divulgado pelo ArchDaily Brasil,

“América Latina e Ásia foram as regiões com mais projetos, cada uma com oito selecionados. Brasil, Bangladesh e Índia lideram os vencedores com três projetos cada. Os projetos recebem apoios de 560 a 30 mil euros, dependendo de sua complexidade e duração, totalizando 460 mil euros em apoios.”

Inovação e replicabilidade estavam entre os principais critérios para seleção dos projetos vencedores.  Os jurados também procuravam por ideias e conceitos tangíveis, porém pouco testados e que tivessem grande potencial de serem aplicados em novos lugares.

 

Veja aqui a lista completa dos projetos vencedores!

 

Fonte: http://www.archdaily.com.br/br/876863/3-projetos-brasileiros-entre-os-vencedores-do-urban95-challenge-para-melhoria-das-cidades-para-as-criancas-e-para-todos?utm_source=Whatsapp&utm_medium=IM&utm_campaign=share-button

Site da Fundação Bernard van Leer (FBvL): https://bernardvanleer.org/solutions/urban95/

 

*O Urban95 Challenge é parte da estratégia Urban95 da Fundação Bernard van Leer, que trabalha com urbanistas, arquitetos, engenheiros e administradores urbanos para incorporar o foco na primeira infância no planejamento e administração das cidades. A FBvL oferece às cidades suporte financeiro e técnico para desenvolver, escalar e implementar inovações economicamente viáveis.

Contribuição de Ana Gabriela Godinho Lima.

Museus em conexão – Roteiro dos Museus em Nova York

Como pensar, contemporaneamente, a relação entre o campo museal e o campo arquitetônico?

Entre os dias 21 a 27 de julho de 2017, acontece no âmbito do projeto de pesquisa ‘Museus em conexão’, a atividade de extensão em viagem de estudos: ‘ROTEIRO DOS MUSEUS EM NOVA YORK’.

Ao participarem da atividade,

(…) os alunos poderão aprofundar seus conhecimentos sobre os principais museus da cidade de Nova York a serem visitados em grupo entre os dias 21 e 27 de julho de 2017, a partir de um roteiro bem estruturado, incluindo visitas às instituições: MoMA, Guggenheim, The Met Breuer, Noguchi Museum, MoMA PS.1, Dia Fondation (Chelsea e Beacon), New Museum, 9/11 Museum, Whitney Museum, High Line Park, CMOM e Jewish Museum.

No site do projeto de pesquisa é possível acessar o roteiro completo com as atividades diárias a serem realizadas nesta viagem de estudos, assim como os links para os endereços eletrônicos dos museus a serem visitados. Você pode ter acesso a essa informação aqui, e depois basta clicar em cada uma das datas para ver todo o programa proposto, dia-a-dia.

2

Também disponibilizamos aqui uma apresentação em pdf sobre o “Museus em Conexão”, que traz um resumo sobre suas premissas, objetivos, dificuldades, soluções propostas e sua equipe.

Uma das premissas do Projeto de Pesquisa “Museus em Conexão” é investigar o desenvolvimento da arquitetura de museus até o momento contemporâneo de maneira a instrumentalizar processos de projeto no contexto brasileiro. A cidade de Nova York concentra um grande número de instituições de referência na área de museus, apresentando-se como um ótimo estudo de caso para alimentar as reflexões e ações sobre os museus locais.

​Para saber mais, não deixe de acessar o site do projeto: www.museusemconexao.org


“Museus em Conexão” é o nome do projeto de pesquisa criado ao final de 2016, como parte integrante do eixo “Campo Museal” que se desenvolve no contexto do Projeto Mackenzie/Brasiliana de pesquisa, em virtude do termo de cooperação entre a Universidade Presbiteriana Mackenzie e o Instituto Brasiliana.

O projeto de pesquisa é coordenado pela Profa. Dra. Patrícia Martins e pela Profa. Ms. Ana Paula Pontes, com participação da Profa. Dra. Ana Gabriela Godinho Lima e do Prof. Ms. Rodrigo Mindlin Loeb.

Seminário internacional ‘Onde estão as Mulheres Arquitetas?’

No último dia 16 de maio, a profª Drª Ana Gabriela Godinho Lima (Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Presbiteriana Mackenzie) participou do Seminário Internacional: Onde estão as mulheres arquitetas?, promovido pela Associação Amigos do CCSP, o escritório de arquitetura Base Urbana e o Centro Cultural São Paulo.

O evento ocorreu até o dia 19 de maio e contou com a participação de profissionais de destaque para debater e refletir sobre a presença e relevância da mulher como protagonista no campo da Arquitetura e Urbanismo. Ana Gabriela participou de uma roda de conversa com as demais convidadas,  Profª Drª Joana Mello de Carvalho e Silva (FAU USP),  Profª Drª Maribel Aliaga (FAU UnB) e Profª Drª Ana Paula Koury (Universidade São Judas Tadeu). Elas discutiram sobre o tema ‘O Estado da Questão’.

Depois, a Profª Ana Gabriela participou de uma palestra juntamente com a Profª Despina Stratigakos Ph.D. (Membro do Institute for Advanced Study in Princeton, Nova York) e mediação da Prof.ª Dr.ª Catherine Otondo (Base Urbana).

Segundo pesquisa recente do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, 61% dos registros profissionais no Brasil são de mulheres; paradoxalmente, as mulheres têm ocupado poucos postos de protagonismo na prática, seja em grandes empresas, ganhando concursos, em altos cargos dos órgãos públicos, ou ainda lecionando na área de Projeto de Arquitetura nas universidades, públicas e privadas. Por outro lado há mais de duas décadas, cursos de arquitetura e urbanismo vêm sendo prioritariamente procurados por jovens mulheres, chegando em alguns casos a representar 70% do número de alunos em sala de aula.

Veja algumas fotos:

Acesse também a programação, os sites: http://www.aaccsp.org.br/MULHERES-ARQUITETAS/aaccsp-mulheres-arquitetas.html, http://www.ccsplab.org/maisccsp/seminario-internacional-onde-estao-as-mulheres-arquitetas/ e o evento no facebook: https://www.facebook.com/events/432240683819272/

Aula Profa. Dra. Ana Laura Godinho

Evento: Aula Profa. Dra. Ana Laura Godinho Lima.
Local: Universidade Presbiteriana Mackenzie.
Data: maio/2017

A profa. Dra. Ana Laura Godinho Lima, da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, falou sobre conceitos de Foucault e Winnicot na formação da subjetividade na infância. Veja abaixo algumas fotos tiradas durante a aula.

Save

Mesa Redonda: Ensino + arquitetura no futuro

A mesa redonda ‘Ensino + arquitetura no futuro’ ocorreu no último dia 04/05/17 na Universidade Presbiteria Mackenzie e contou com os convidados:

Profa. Dra. Angélica Tanus Benatti Alvim – Diretora da FAU/Mackenzie;

Irene Quintáns – arquiteta urbanista com pós graduação em estudos territoriais, políticas sociais, mobilidade, habitação e gestão urbanística;

Pedro Tuma – arquiteto;

Vitor Lotufo – arquiteto;

Natacha Costa – Associação Cidade Escola Aprendiz.

O moderador do evento foi o Prof. Rodrigo Mindlin Loeb